Rapper de 19 anos, Scorpyan lança “Crias F1”, single baseado em sua história de superação - ItsPop
Now Reading
Rapper de 19 anos, Scorpyan lança “Crias F1”, single baseado em sua história de superação

Rapper de 19 anos, Scorpyan lança “Crias F1”, single baseado em sua história de superação

O rapper Scorpyan lançou na quinta-feira, 28, o single “Crias F1”. A música marca sua estreia na carreira artística e é fruto de sua história, um jovem que vence diariamente o preconceito. “Crias F1” tem composição assinada pelo próprio Scorpyan, com colaboração de Alan Lobato e Nabuscadoouro. O som conta com distribuição da Labidad Music e já pode ser ouvido em todas as plataformas digitais. O clipe está disponível em seu canal oficial do YouTube.

Segundo Scorpyan, o processo de composição foi bastante cansativo, mas o resultado lhe deixou orgulhoso. “Foram vários meses de estudos e insistência para poder apresentar um projeto de alto nível a todas as pessoas que curtem uma música de qualidade”, coloca o artista que foi descoberto pelo empresário Alan Lobato.

“Esse som é para todo mundo que tem a pureza no coração de continuar sendo o que é, independente do mundo e do que acontece ao redor. Por mais que tenham pessoas tentando te frustrar, você precisa ser o mesmo. Cria que é cria tem orgulho de ser o que é e tem orgulho de vir de onde veio, independente de onde seja”, ressalta Scorpyan.

Um passado de superações

Scorpyan cresceu na Vila Aliança, comunidade do Rio de Janeiro, que oficialmente faz parte de Bangu. Seu passado mostra um jovem que venceu inúmeros preconceitos e dificuldades, mas o faz ter orgulho de ser quem é. “Eu vim lá de baixo. Só eu sei o que passei, mas ainda assim eu sou o mesmo e não vou mudar. Eu sou cria”, coloca.

“O pessoal acha que ali só tem bandido, mas tem vários sonhos e vários corações batendo”, diz Scorpyan que honra uma das pessoas que lhe ajudaram: Tia Karla, uma professora do sexto ano. “Ela me ensinou que eu tinha que ser homem. Ela foi cuidando de mim, me mostrando o que era ser homem”, lembra.

Detenção, rua e mudança de vida

Scorpyan saiu da casa de sua mãe aos 16 anos. Trabalhou carregando caixas de frutas na Ceasa. Mesmo jovem, ele sabe o que é dar duro para ganhar a vida. Suas composições refletem a vivência de quem mata leões por dia para sobreviver. “Eu aprendi que música é sentimento. Mas, esse sentimento pode virar texto, poesia”, comenta.

“Durante um tempo tive de trabalhar em uma ‘boca’. E nesse período eu fui detido. Já tinha 18 anos. Passei o maior perrengue da minha vida, mas foi ali que eu comecei a mudar. Lá eu decidi que nunca mais ia voltar para aquela vida. Quando saí, arrumei um emprego e fui morar com meu pai”, relata.

Após ser expulso da casa do seu pai, Scorpyan chegou a morar na rua e por isso voltou a trabalhar na “boca”. Mas, no terceiro dia de trabalho, ele conheceu alguém que lhe deu a oportunidade de mudar de uma vez por todas. Cirilo, um grande amigo que lhe mostrou o caminho para o rap.

See Also

“Eu orava todo dia pra Deus, pedindo a Ele que me mostrasse uma luz. Uma saída pra eu não voltar mais para aquela condição. O Cirilo me disse que ia falar de mim para um empresário. No dia seguinte esse empresário me chamou, queria me conhecer. Ele pediu que eu cantasse e gostou muito da minha voz. Na hora ele me deu um emprego na loja dele”, lembra.

Hoje, Scorpyan é um artista empresariado por Alan Lobato. E em parceria com a Labidad Music, ele lança “Crias F1”, e inicia uma nova etapa na sua vida, superando todas as dificuldades que teve em seu passado. Scorpyan divide seu tempo em escrever novas composições e em trabalhar na Ceasa. “Eu sou inabalável”, finaliza.

Ouça “Crias F1”, o primeiro single de Scorpyan:
https://labidad.lnk.to/xxCriasF1

Confira o clipe de “Crias F1” no YouTube:
https://www.youtube.com/watch?v=fRSl78t9U6g

Acompanhe o trabalho de Scorpyan no Instagram:
https://www.instagram.com/scorpyanofc/

 

 

Copyright © 2022 ItsPop.com.br. Todos os direitos reservados.
Scroll To Top