Neste domingo (17), tem batalha carnavalesca na Feira das Yabás - ItsPop
Now Reading
Neste domingo (17), tem batalha carnavalesca na Feira das Yabás

Neste domingo (17), tem batalha carnavalesca na Feira das Yabás

Roda de Marquinhos de Oswaldo recebe o Cordão do Boitatá para uma grande festa. Feira das Yabás e batalha carnavalesca.

Depois de respeitados os preceitos e resguardos da quaresma, era costume nos subúrbios uma batalha carnavalesca no sábado de Aleluia. Seguiremos com essa tradição na edição de abril da Feira das Yabás. A roda de samba comandada por Marquinhos de Oswaldo Cruz receberá, neste domingo, dia 17 de abril, a partir das 13h, na Praça Paulo da Portela como convidado o Cordão do Boitatá, tradicional bloco de carnaval carioca. Além disso, o evento prestará homenagem aos 99 anos da Portela e 101 anos de Dona Ivone Lara. Imperdível!

A feira é como um quintal de “tia”, em que além do samba podemos degustar o melhor da gastronomia suburbana. A programação começará com o famoso cortejo do Cordão do Boitatá, que sairá do símbolo Olímpico no Parque de Madureira, levando os foliões em direção à praça Paulo da Portela. Ao chegar, teremos a apresentação do Dj Café, seguida pela tradicional roda de samba comandada pelo anfitrião da festa, Marquinhos de Oswaldo Cruz. O sambista passará então o bastão para os convidados do mês, o Cordão do Boitatá.

O evento: FEIRA DAS YABÁS, MÚSICA E GASTRONOMIA NEGRA CARIOCA.

Evento gratuito, a Feira das Yabás acontece há 13 anos no bairro de Oswaldo Cruz, contíguo a Madureira. De destacada relevância para a preservação da cultura afro-brasileira, declarada Patrimônio Cultural Imaterial do estado do Rio de Janeiro em 2018, teve sua primeira edição em 2008 idealizada pelo cantor e compositor Marquinhos de Oswaldo Cruz, que depois de recriar o Trem do Samba e a Feijoada da Família Portelense resolveu cantar seus sambas na quadra da Portelinha, quando era servido uma macarronada com carne assada. Nascia assim, a primeira edição da Feira, que hoje reúne milhares de visitantes de todas as regiões do Rio.

See Also

Grandes nomes da MPB, como Dona Ivone Lara, Leandro Sapucahy, Leci Brandão, Arlindo Cruz, Danilo Caymmi, Fátima Guedes, Hamilton de Holanda, Jongo da Serrinha, Guinga, entre outros, já marcaram presença na Feira. A festa tem patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura da Cidade do Rio de Janeiro, realização Instituto Harmonya do Brasil, produção da MMachado Produções Culturais e a assessoria de imprensa da Código Morse Assessoria de Imprensa e Comunicação.


Além da boa música, o público ainda aproveita para experimentar a culinária típica do subúrbio carioca e pratos de origem africana nas 16 barracas expositoras, sob o comando das matriarcas das famílias mais importantes e tradicionais da região de Oswaldo Cruz: um imenso restaurante a céu aberto. Entre as muitas opções, Surica com mocotó. Neide Santana serve Angu a Baiana. Já na barraca da Jane Carla você encontra Chouriço e Torresmo. A expositora Romana vai de carré com couve à mineira à moda carioca. Bobó de camarão é o prato da barraca da Jussara e na barraca da Selma Candeia, filha do sambista Candeia, a gostosura é abóbora com carne seca. A combinação de peixe frito, molho de camarão, pirão e arroz fica sob a responsabilidade da Tia Nira. Já a barraca da Tia Edith oferece macarrão com carne assada. Vera Caju encanta com o seu cozido. Rosimeri Cruz serve a deliciosa galinha com quiabo e Jane Pereira arrasa com seu famoso jiló frito. A barraca da Rosângela Maria serve a tripa lombeira e a da D. Marlene a feijoada. Na barraca da Sueli a pedida é Vaca atolada e Carne seca com aipim. A sobremesa é na barraca da Vera de Jesus.

Quando: Domingo, 17 de abril de 2022.
Hora: a partir das 13h.
Local: Praça Paulo da Portela – Estrada do Portela – Oswaldo Cruz
Evento gratuito.
Mais informações: 21 – 97036-4543
Classificação: Livre
Assessoria de imprensa: Enildo Viola

 

 

Copyright © 2022 ItsPop.com.br. Todos os direitos reservados.
Scroll To Top