Meu Kantinho Centro de Cultura recebe Medalha Tiradentes da ALERJ - ItsPop
Now Reading
Meu Kantinho Centro de Cultura recebe Medalha Tiradentes da ALERJ

Meu Kantinho Centro de Cultura recebe Medalha Tiradentes da ALERJ

No dia 05 de Junho de 2022 às 14H, a Medalha Tiradentes será entregue na sede
do Meu Kantinho Centro de Cultura, em memória a seu fundador Sebastião
Cloves (Cloves do Violão), que é uma honraria concedida e destina-se a premiar
pessoas que prestaram relevantes serviços à causa pública do Estado do Rio de
Janeiro. A medalha foi instituída pela Resolução Nº 359 de 1989, em 8 de agosto
de 1989, sendo a mais alta condecoração concedida pela Assembleia Legislativa
do Estado do Rio de Janeiro.
Mineiro de Barão do Monte Alto (MG), onde começou seu estudo de música,
criado em colégio interno e por todos lugares onde passou, Cloves do Violão
participou de movimentos musicais até chegar ao Rio de Janeiro em 1956.
Foi remido da ala de compositores do G.R.E.S. Estação Primeira da Mangueira,
onde ingressou em 1967. Introdutor do violão 7 cordas nos desfiles das escolas
de samba, através da Estação Primeira de Mangueira, quando chegou em 1966.
Músico exclusivo do cantor Moreira da Silva, Jamelão, acompanhando-o,
inclusive, nos desfiles do G.R.E.S. Estação Primeira da Mangueira e em shows
pelo Brasil, além de outros intérpretes como, Benito de Paula, Jads Macalé,
Paulinho da Viola, Dicró, Neguinho da Beija Flor, Pedrinho da Flor, Almir Guineto,
Beth Carvalho, Ana Rosely, Leci Brandão, Marisa Gata Mansa, Carmem Costa,
Ataulfo Alves Júnior, Raul de Barros (trombonista); e por 10 anos, diretor musical
do produtor cultural Albino Pinheiro o fundador da “Banda de Ipanema.”
Participou de projetos como Seis e Meia, Pixinguinha, Rio Rua, BANERJ Interior,
Som do Meio Dia, Música para o povo, Corredor Cultural, Carreta Cultural, Palco
sobre rodas, Música da minha escola, Quase às sete, e outros.

Movido pela paixão de poder passar o que aprendeu da sua profissão, iniciou
este trabalho em casa. Em 1998 alugou uma casa na Rua Indígena, 62, Penha
Circular. Assim, nasceu o Meu Kantinho Centro de Cultura, uma escola social
sem fins lucrativos, voltado para práticas musicais e socioambientais, que já
atende crianças e jovens com aulas de instrumentos de corda, sopro e percussão
há 24 anos.
www.meukantinho.com.br

“É motivo de muito orgulho e alegria, receber esse reconhecimento. Meu pai sempre
teve o sonho de fundar uma escola de música e oferecer aulas gratuitas, para quem
quisesse aprender e assim em 1o de maio de 1998 fundou o Meu Kantinho Centro
de Cultura. Atualmente muitos músicos estão atuando como profissionais e
iniciaram as suas trajetórias no Meu Kantinho. Após o falecimento do fundador em
2008, com esforços da família, mantenedores, músicos e amigos, conseguimos dar
continuidade a essa obra tão emblemática da Região da Leopoldina, trazendo
expressiva relevância social, econômica e cultural para a cidade do Rio de Janeiro.
Agradecemos a homenagem aos Queridos Amigos Yara Batista da Silva &
Marcos Lopes Ribeiro pelo encaminhamento e pedido junto a ALERJ.”. comenta
Alessandra Clovis, filha do patrono.

View Comments (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

 

 

Copyright © 2022 ItsPop.com.br. Todos os direitos reservados.
Scroll To Top