Marcio Moreira se une a Joma Cantanhede no EP “Voltas”, projeto poético que flerta com o eletrônico - ItsPop
Now Reading
Marcio Moreira se une a Joma Cantanhede no EP “Voltas”, projeto poético que flerta com o eletrônico

Marcio Moreira se une a Joma Cantanhede no EP “Voltas”, projeto poético que flerta com o eletrônico

O cantor e compositor Marcio Moreira se reinventa mais uma vez e anuncia um novo EP e dessa vez, ele não está sozinho. Junto de Joma Cantanhede, o projeto “Voltas” apresenta novos sons para os dois artistas que apostam agora em trabalhos mais eletrônicos, mas sem perder o poder da poesia que caracteriza suas estéticas. O EP “Voltas” foi lançado nesta sexta-feira, 6, e está disponível em todas as plataformas de streaming: https://labidad.lnk.to/Voltas

Um projeto ousado para eles que sempre apostaram em sons mais orgânicos. Marcio Moreira e Joma Cantanhede se unem para celebrar um novo tempo. Eles se aliam para compor não apenas novas canções, mas novas apostas sonoras dentro de suas propostas autorais. As quatro faixas que compõem o EP “Voltas” são parcerias da dupla e o processo de composição partiu da necessidade de Márcio Moreira experimentar uma tessitura mais eletrônica para seus versos.

Joma Cantanhede entra nesse projeto somando com soluções melódicas e harmônicas. O artista traduziu com exatidão a necessidade de experimentação de Márcio Moreira, que resultou em faixas poéticas, porém com pegada mais pop, algumas quase que propondo uma ótima experiência na pista de dança.

Destaque para a participação especialíssima da atriz e cantora Laila Garin na faixa “Ser Teu Nome” recitando um poema de Márcio traduzido para o francês por ela, agregando charme e profundidade ao tema da canção e Clara Castro no single de trabalho dividindo os vocais com Márcio. O EP oferece a oportunidade de ampliar a ambientação do eu lírico que vive e que canta as canções que compõem esse trabalho.

Poesia eletrônica

O EP “Voltas” apresenta um tom mais noturno e narra vivência, projeção e saudade de um amor, lançando mão de elementos da natureza como o mar e a lua, de modo a materializar os sentimentos humanos por meio do ambiente que o rodeia. Destaque para o single de trabalho, “Céu Só”, canção poética que canta a solidão da lua, mistura instrumentos orgânicos com sintetizadores eletrônicos trazendo uma atmosfera pop como cenário para uma letra profunda.

Em “Céu Só”, Clara Castro entra para colaborar nos vocais. Natural de Barbacena (MG), cantora e compositora, que é envolvida com a música desde seus 12 anos, é formada em Canto pela Universidade de Música Popular. Em 2013 se mudou para Juiz de Fora (MG), onde entrou de cabeça na cena alternativa autoral da cidade e vem promovendo arte e cultura por meio de seu talento.

Segundo Marcio Moreira, suas novas composições em parceria com Joma Cantanhede carregam, de modo geral, um recorte sobre sentimentos muito comuns a seres humanos que sentem e amam, e vivem saudades. “O mais interessante é sentir como essa poesia toda alcança a percepção e a subjetividade de quem ouve. Parte fundamental para a criação de sentidos de cada um dos versos cantados no projeto”, pontua.

Novos olhares sobre a vida

O EP “Voltas” é mais que um novo projeto musical de dois artistas. É um convite para imergir em uma atmosfera pessoal. Repleta de gatilhos sonoros, orgânicos e eletrônicos, as faixas podem propor tanto identificação como também distanciamento. “Os números são importantes, mas as percepções qualitativas do que essa obra vai provocar em quem ouvir é o que realmente me interessa. A força que a arte tem para gerar novos olhares sobre a vida”, finaliza Marcio Moreira.

See Also

Conheça Marcio Moreira

Marcio Moreira trabalha há mais de 10 anos na indústria da música, entregando resultados nas mais diversas frentes de trabalho. De assessoria de imprensa à Label de gravadora, atuando hoje nos aplicativos de música, o artista tem uma vivência profunda também com os bastidores do mercado musical. Em meio a pandemia, sentiu necessidade de dar voz às próprias canções, receando a chegada da morte. Seu repertório autoral conta com parcerias de peso, como Michael Sullivan, Roberto Menescal e Delia Fischer. Composições de Marcio já foram gravadas por Ney Matogrosso e Leila Pinheiro, além de outros intérpretes de sua geração.

Conheça Joma Cantanhede

Joma Cantanhede é compositor, produtor e instrumentista do Rio de Janeiro. Apaixonado pela praia, mistura o clima tropical da cidade maravilhosa e da Bossa Nova com influências que vão do Jazz ao Rock. Segundo o artista, a experiência do EP “Voltas”, foi leve e fluida. “A gente começou totalmente descompromissado, por diversão e experiência mesmo. Acabou que foi criando seu próprio rumo conforme a gente ia maturando a ideia”, coloca.

OUÇA O EP “VOLTAS” NAS PLATAFORMAS DIGITAIS
https://labidad.lnk.to/Voltas

 

 

Copyright © 2022 ItsPop.com.br. Todos os direitos reservados.
Scroll To Top